Porto Alegre: Manifestantes retornam para a frente da prefeitura e criticam Brigada Militar

Após o confronto com a Brigada Militar na noite de quinta-feira, o grupo Defesa Pública da Alegria mobilizou manifestantes para protestar em frente à prefeitura de Porto Alegre, na Praça Montevidéu, na noite desta sexta-feira.

Compartilhar – Zero Hora – Porto Alegre – Depois da confusão – 05/10/2012 20h52 Grupo foi acompanhado por policiais militares e guardas municipais

Reunidos por uma hora, os manifestantes seguravam velas, tocavam tambores e entoavam palavras de ordem contra o que eles consideram a privatização dos espaços públicos. Eles também voltaram a criticar a ação da Brigada Militar durante o episódio de quinta-feira, considerando-a exacerbada.

— O que aconteceu ontem (quinta-feira) foi muito triste, estamos indignados! Tem gente sendo agredida e estão tentando nos reprimir! — afirmou o artista Thiriet Dias, 21 anos.

Frases como “artística, científica e de comunicação independente! É livre a expressão da atividade intelectual!” e “pela ocupação dos espaços públicos! Fora, Fortunati! viva a arte!”, eram interrompidas por abraços coletivos.

Toda a mobilização foi monitorada por cerca de 20 policiais do Pelotão de Operações Especiais — que impediram o avanço dos manifestantes em direção ao Largo Glênio Peres — e outros 20 agentes da Guarda Municipal.

— A nossa ação aqui, primeiramente, é de observar a movimentação e, se caso houver alguma conduta irregular, agir. O objetivo é manter a ordem, e para isso temos uma tropa de reserva acionada — disse o tenente Alexandre Cunha Gomes, subcomandante da Primeira Companhia do 9º Batalhão da BM.

Por volta das 20h30min, o cel. Alfeu Freitas, comandante do Comando de Polícia Ostensiva da Capital chegou ao local e conversou com os manifestantes.

Freitas procurou esclarecer que a brigada estava ali para manter a ordem, ao que os manifestantes pediram explicações sobre o confronto de quinta, e cobraram uma investigação séria por parte da BM.

Encerrada a conversa, começaram a entoar a frase “quanta covardia, é cassetete contra a alegria”.

A mobilização começou a ser desfeita em frente à Prefeitura de Porto Alegre por volta das 21h, quando os manifestantes deixaram as velas que seguravam em frente à praça Montevideo, aos pés das escadas do prédio municipal.

Entoando frases de ordem como “Tatu, tá tudo errado!”, eles se deslocaram pela Avenida Borges de Medeiros até o Largo Zumbi dos Palmares.

Em vídeo, confira a manifestação que começou na frente prefeitura e foi até o Largo Zumbi dos Palmares:
Veja mais:
Polícia instaura inquérito por danos ao patrimônio público e lesões corporais ocorridos em confronto na Capital

Empresa avalia reinstalação de mascote da Copa no centro de Porto Alegre

Prefeitura de Porto Alegre recorre à Fifa para consertar mascote da Copa depredado por manifestantes

“Foi uma violência que não se pode esperar de uma instituição do Estado”, diz manifestante

“Quando há perturbação da ordem pública, a Brigada tem que reagir”, diz comandante da Brigada Militar

Fotos: Félix Zucco / Agencia RBS

GALERIA DE FOTOS: Veja mais imagens do confronto

Veja vídeo feito por manifestantes durante o confronto de quinta-feira:

Confira as imagens captadas das câmeras de segurança na quinta-feira:

ZERO HORA

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s