Brasil: Marcos Valério é condenado a onze anos e oito meses de prisão por três crimes

Condenado pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) por cinco crimes diferentes, o publicitário Marcos Valério foi o primeiro dos réus do julgamento do mensalão a ter pena atribuída.

Compartilhar – Zero Hora – com Agencias – Mensalão – 23/10/2012 20h53

Ministros começaram a dosimetria das penas dos condenados na sessão desta terça-feira

Até o momento, o empresário já teve penas definidas para três crimes. Por formação de quadrilha, foi condenado a dois anos e onze meses de reclusão. Por corrupção ativa, a quatro anos e um mês de reclusão, e por peculato, a quatro anos e oito meses.
No total, Valério já está condenado a pelo menos 11 anos e 8 meses de prisão, além de R$ 979 mil de multa. 

Corte decide absolver réus nos casos de empate

No início da sessão desta terça, os ministros decidiram que nos sete casos de empate os réus serão absolvidos dos crimes.

O presidente do STF, Carlos Ayres Britto, defendeu a prevalência da tese de absolvição do réu em caso de dúvida, o princípio penal indubio pro reo.

— Prevalece à tese da absolvição do réu, seja porque a absolvição se projeta com a presunção de não culpabilidade — disse.

Sete réus serão beneficiados com a decisão. Em relação ao crime de lavagem de dinheiro, tiveram placar empatado os ex-deputados federais João Borba (PMDB-PR), João Magno (PT-MG), Paulo Rocha (PT-PA) e o ex-ministro dos Transportes Anderson Adauto (PL, atual PR). Desta forma, os três últimos serão absolvidos de todos os crimes a que respondem. O réu João Borba foi condenado, por unanimidade, pelo crime de corrupção passiva.

Em relação ao crime de formação de quadrilha, tiveram placar empatado e serão beneficiados o deputado federal Valdemar Costa Neto (PR-SP) e o ex-tesoureiro da legenda Jacinto Lamas. Mesmo se forem inocentados desse crime, ambos continuam condenados por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Na sessão de segunda-feira, o ex-dirigente do Banco Rural e atual vice-presidente do banco, Vinícius Samarane, também teve placar empatado por formação de quadrilha. Samarane, contudo, foi condenado por gestão fraudulenta e lavagem de dinheiro.

Saiba mais:
> Acesse a capa de notícias sobre o julgamento do mensalão
> Em infográfico, veja como ficou o placar da votação

> Para ler mais notícias sobre mensalão, clique aqui

Com agências

Zero Hora

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s